Digitais Influencers falam do impacto da quarentena e a responsabilidade no ano de 2020

O Impacto da quarentena e a responsabilidade de influenciar no ano de 2021, ligados aos sonhos e projetos para 2021, na visão de 4 amigas e Digitais Influencers de Sucesso.

 

Você tem utilizado mais as redes sociais desde que entrou em quarentena por causa do coronavírus? Pois de acordo com várias pesquisas ao longo desses meses de pandemia, quase 90% das pessoas aumentaram o uso do celular durante essa fase de isolamento. Trata-se de um estudo realizado por diversas empresas, que são especializadas em marketing de influência, que ouviu mais de 3500 pessoas para entender como são os hábitos adquiridos durante a quarentena e como estão se relacionando com a tecnologia.

Acontece que, desde o surgimento da COVID-19, o mundo enfrenta um grande desafio e, ao mesmo tempo, as pessoas redescobriram formas de se comunicar a distância, as marcas precisaram ampliar sua presença digital e adaptar seus discursos, enquanto os artistas estão cada vez mais presentes em lives e os criadores de conteúdo desempenham, agora, um novo papel no mercado. Foi justamente para entender esse cenário que se desenha que conversamos com 4 criadoras de conteúdo, para entender o comportamento da audiência dos creators e os impactos do distanciamento social no consumo de bens e conteúdo. Segundo o que aponta essa análise, o uso do celular aumentou em 88,4%, enquanto o uso do computador aumentou 43,6%.

Ao analisar o uso das redes sociais, os destaques ficam entre o Instagram e o Youtube, com respectivamente 90% e 70% das respostas. Entre as atividades estão a acompanhar lives (50%), acompanhar notícias do Brasil e do mundo (43,9%) e interagindo mais em publicações de familiares e amigos. O LinkedIn foi a rede que as pessoas menos acessaram durante a quarentena, com 3,9%.

lely, Samantha, Fernanda e Mariana Boni  (Foto: Thaís Monteiro)

De acordo com as influenciadoras Fernanda Barros, Lely Schmidt, Mariana Boni e Samantha Câmara, o distanciamento social acelerou transformações que já vinham acontecendo. Asinfluenciadoras referem-se as mudanças permanentes na forma de se trabalhar, consumir e se relacionar. “As pessoas redescobriram formas de se comunicar a distância, videochamadas nunca foram tão utilizadas e as marcas precisam ampliar sua presença digital e adaptar os discursos”, afirmam unanimemente.

O Impacto da quarentena e a responsabilidade de influenciar no ano de 2021, ligados aos sonhos e projetos para 2021, na visão de cada uma delas.

Em um bate-papo bem informal, onde as 4 se reuniram para um encontro entre amigas, depois de mais de 10 meses isoladas, trabalhando cada uma de sua própria casa, elas resolverem contar para nós as principais visões que possuem sobre todas as transformações que não só o mundo digital sofre, mas em tudo no geral.

Para esse encontro, todas elas seguiram todos os protocolos de segurança e isolamento social, por mais de 14 dias, para que se assegurassem que não estavam acometidas de sintomas do vírus. E, assim, pudessem se reunir no Restaurante Flutuante Rio, localizado na zona Sul do Rio de Janeiro,

Para Fernanda Barros dona do IG @fernandabarros.fb“Nesse ano de 2020 a maior lição que irei tirar é viver o agora, dar valor para o agora, para os detalhes, pelo levantar, o respirar, pelos momentos vividos. Esse ano nos mostrou o como somos frágeis. E para 2021 só desejo dias melhores, mas principalmente saúde para vivê-los com toda intensidade que eles merecem. ”

Já para Lely Schmidt, dona do IG @lelyschmidt-“ A maior lição que a pandemia me trouxe, sem dúvida foi a reflexão e a gratidão. A sensação é de que 2020 foi um período eterno de ansiedade e descobertas. E o que eu espero de 2021? Trocar o “está bom” por “que vida incrível!”, porque estar vivo e com saúde, é incrível demais! Prepare-se para um ano de oportunidades. ”

Na visão de Mariana Boni dona do IG @mbmarianaboni, que inclusive está gravida de seu segundo filho, “ Esse ano foi uma superação atrás da outra.Aprendemos que nada é, tudo está.Cada dia agradeço por ter saúde e minha família estar bem.Como influenciadora me reinventei, fiz lives beneficentes e publicidades com marcas menores que estava precisando vender nessa pandemia para sustentar suas pequenas empresas.Que 2021 venha com menos notícias ruins e mais vitórias e bênçãos! ”

E, encerrando com Samantha Câmara, dona do IG@samanthacamara_, “ 2020 foi um divisor de águas para mim, a dificuldade nos fortalece. Sem dúvida um ano de mudanças! 2021?! Estou ansiosa para cada sonho sair do papel, para compartilhar tudo o que 2020 paralisou! O mundo está mais on-line após essa pandemia, então que possamos influenciar sempre com amor! Pode vir 2020!!!!

 

 

 

** Este texto não necessariamente reflete, a opinião do Portal Da Fama