Ludmilla sofre ataques racistas, desativa redes sociais e ganha apoio de famosos

A cantora Ludmilla desativou todas as suas redes sociais após sofrer diversos ataques racistas. “Mas estou tirando print de tudo porque isso é crime e vai pagar um por um”, disse a carioca, em um últmo pronunciamento.

“Durante o dia, a cantora já havia reclamado com sua equipe sobre os ataques racistas que vinha sofrendo chegando até a responder alguns tweets que diziam que ela responderia caso “jogassem casca de banana” entre outros insultos racistas e misóginos. Tais ataques vêm ocorrendo ao longo da carreira de Ludmilla que, como é sabido, vem se posicionando não só contra crimes de raça, mas também de gênero”, diz um trecho do comunicado oficial da assessoria da cantora.

A equipe de Ludmilla também destacou que a saída da web não faz parte de nenhuma ação de marketing e que medidas estão sendo tomadas.

“Ressaltamos que, ao contrário de qualquer especulação, tal ato não faz parte de nenhuma estratégia de marketing e é simplesmente uma consequência de seu cansaço diante do ódio destilado nas redes sociais. Informamos ainda que todas as postagens de cunho racista e homofóbicas estão sendo documentadas para encaminhamento à justiça.”

Indignados, famosos, como Paulo Gustavo, Cacau Protásio, Jéssica Ellen, entre outros, publicaram fotos de Ludmilla, exaltando a artista e condenando a postura dos racistas.

“Ela é uma mulher linda, talentosa, empreendedora, inteligente, canta divinamente bem, dança muito. Para vocês, agressores racistas maldosos, podem ficar tranquilos, Ludmilla foi ali respirar uma pouco, tomar um fôlego e já está voltando pras redes sociais e para o mundo com força total! Vocês não vão nos calar! Vocês não vão tirar a gente do nosso lugar, que é aqui no mundo em todos os lugares! Toda estrela infelizmente incomoda, e todos nós sabemos que ela é uma Rainha, uma estrela, uma Diva, uma mulher maravilhosa preta que tira onda! É isso, tenhamos uma tarde linda, um sábado abençoado.”, disse Cacau Protásio.

728x90 - Americanas

“Uma Ludmilla Poderosa pra botar meu instagram mais chique! Sou fã!”, disse Paulo Gustavo.

“Não temos um dia de paz, todo santo dia ela é atacada por nada! Vocês vão pagar por tudo isso! Racistas não passarão”, escreveu Brunna Gonçalves, esposa da cantora. No Twitter ela completou: “Vocês não tem noção de como eu fico vendo ela triste! Isso tem que acabar”

“A Ludmilla é uma menina caxiense, de 25 anos, que nem eu. Preta retinta que nem eu, cheia de sonhos que nem todo mundo. Eu não quero falar o óbvio. É chato dizer que racismo é errado, que as pessoas precisam ser educadas umas com as outras, cansa muito. Eu espero que a Lud (falando com intimidade de fã), se recupere logo de mais esse baque e que crie força de super Dandara pra lidar com isso que é algo que vai continuar acontecendo com ela. Ludmilla eu sinto muito, sua imagem presença e talento são IMPRESCINDÍVEIS para o nosso país. Você é inspiração pra um monte de gente que sempre achou que ia viver e morrer dentro de Caxias sem nunca conseguir se quer poder contar como se sente. Quando eu crescer eu quero ser como você! E eu sei que dói mas tbm sei que passa. Esse post é pra que você não se sinta sozinha nunca. É uma forma de carinho. Espere que chegue até você. Descansa e quando voltar, vem com tudo que a gente AMA. Com força de “não olha pro lado quem tá passando é o bonde”. Você tem seu bonde”, escreveu Luellem de Castro

** Este texto não necessariamente reflete, a opinião do Portal Da Fama