Modelo internacional Fernanda Cecília diz que situação da Índia é muito pior

Segundo informações de indianos passadas para Fernanda Cecília Trindade, o número de novos casos por Covid-19 no país passa de 1 milhão por dia

Mortes por covid-19 batem recorde na Índia e o número de casos continua crescendo. O Instituto de Métricas e Avaliação de Saúde estima que a Índia terá um milhão de mortes por covid-19 até agosto.

A modelo internacional Fernanda Cecília Trindade morou na Índia por 6 anos.  Ela, que tem o maior respeito e admiração pelo país, cita as dificuldades da Índia.

“Conheço  bem a Índia e como são lentos no processo às vezes. Não é falando mal. Seu que isso pode gerar uma revolução em tudo que já foi dito, mas tenho fontes diretas de dentro da Índia , dentro dos hospitais , fontes de jornalistas que não são fakes news como estão sendo espalhadas por aí. Sim, realmente, estão morrendo de 100 a 150 pessoas por dia. Estão perdendo vidas todos os dias , as filas em New Delhi são interminável, pessoas correndo pelas suas vidas. No estado de UP, as pessoas não estão fazendo o teste porque o governo não quer que os números reais apareçam”, diz a modelo.

Fernanda afirma que, segundo suas fontes, os números reais de novos casos de covid são de pelo menos 1 milhão por dia.

“Essa é a triste realidade da Índia Maharashtra. O país no qual eu tenho tanto amor e admiração. Já perdi vários entes queridos pela Covid 19 lá. Temos um número de 3.000 concentrador de oxigênio preso na alfândega em New Delhi , e muitas pessoas precisando desses oxigênios para sobreviver. Estão morrendo pessoas estão falando não como uma brasileira, estão falando como uma indiana portadora de Oci card , half Indian”, denuncia.

Fernanda diz que está mobilizada pela Índia. E, sabendo das reais notícias, vê o cenário com muita preocupação.

A Índia precisa que os oxigênios doados que estão parados na alfândega. O que o presidente e os governantes estão pensando? Hospital na Índia hoje tem um custo de um quarto de 25,000 mil Rupesh e quase um quarto de um Taj , um dos melhores hotel que tem dentro da Índia . Basicamente, hoje, o problema é que eles realizavam comícios e diversão religiosa como kumbh mela, infelizmente enfrentamos essa divisão na Índia ,E as restrições removidas de muitos lugares também não se prepararam para a segunda onda, mesmo após a guerra dos médicos”, relata.

Apesar da Índia ser o maior produtor mundial de vacinas, Fernanda diz que não há vacinas suficientes para população.

“A maior parte foi enviada para outros países. Agora, não temos vacinas disponíveis para os indianos. Chegou a hora de fazermos a nossa parte. Já que o governo indiano está causando problemas na chegada de oxigênio, de outros lugares e querem na verdade os oxigênio deles , vamos ajudar são pessoas morrendo. Pessoas que ajudaram vários outros países. Sei que parece sem ,nexo mesmo porque tem oxigênio na alfândega parado , mas estamos falando de vida. Então,  vamos fazer nossa parte . Eu estou em contato com vários indianos. As pessoas sendo tratadas igual cachorro, sem a menor humanidade. Vamos fazer algo pela Índia mesmo diante dos verdadeiros fatos. Minhas informações vêm diretamente de fontes indianas”, finaliza.

** Este texto não necessariamente reflete, a opinião do Portal Da Fama